Federação Portuguesa de Xadrez

Notícias

Match híbrido Lisboa-Viena terminou empatado
02/05/2021

Numa iniciativa inédita, levada a cabo pela Federação Portuguesa de Xadrez e o site de notícias e tecnologia de xadrez ChessTech, defrontaram-se à distância as seleções de Lisboa e de Viena de Áustria. Este duelo de xadrez híbrido terminou empatado (2-2), num encontro em que brilhou o mestre FIDE Bruno Martins, autor do único triunfo das cores lusas.

O nome dado às duas seleções deriva do local onde os respetivos jogadores se juntaram para jogar. A equipa de Lisboa jogou na sede da Federação Portuguesa de Xadrez e contou com os seguintes elementos: Rhys Cumming (MF, Inglaterra, 2355), Bruno Martins (MF, Portugal, 2359), Paulo Dias (MI, Portugal, 2343) e Sérgio Rocha (MI, Portugal, 2340). O britânico Rhys Cumming, jogador radicado na capital portuguesa, foi escalado à última hora, devido à ausência forçada do recente vencedor do Torneio de Mestres, o mestre FIDE José Francisco Veiga.

Jogando com as brancas, Bruno Martins obteve o único triunfo do conjunto de Lisboa, frente ao também mestre FIDE Peter Sadilek (2345). Rhys Cumming e Sérgio Rocha empataram, respetivamente com Cristoph Menezes (MI, 2384) e Anatol Vitouch (MF, 2283), enquanto Paulo Dias foi derrotado, pelo mestre FIDE Fabian Matt (2308).

Este match híbrido serviu de preparação dos jogadores portugueses para o Torneio Europeu Híbrido de qualificação para a Taça do Mundo (prova que tem as primeiras eliminatórias em 22 e 23 de maio) e cumpriu todos os requisitos impostos pelos novos regulamentos, recentemente publicados pela Federação Internacional de Xadrez (FIDE).

VOLTAR PARTILHAR NO FACEBOOK
  • HOME
  • INSTITUCIONAL
  • NACIONAL
  • INTERNACIONAL
  • COMUNICAÇÃO
  • FORMAÇÃO
SIGA A FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE XADREZ NAS REDES SOCIAIS
expand_less

Este site usa cookies, para guardar informação de forma segura no seu computador.

Estes cookies destinam-se a optimizar a sua experiência de navegação neste site.

ACEITO COOKIES Saiba mais acerca dos cookies