Federação Portuguesa de Xadrez

NOTÍCIAS

Confirmação dos jovens talentos na 1.ª Divisão
26/07/2021

O Campeonato Nacional por Equipas da 1.ª Divisão, realizado em Peniche, trouxe momentos históricos e demonstrou que o xadrez português está de boa saúde. Para além do título nacional obtido só com vitórias pela A.XAT Montemor-o-Novo, há que destacar algumas performances individuais dos jogadores portugueses, sobretudo as do Sub-18 Miguel Simões (CCD Corvos do Lis) e o Sub-20 Hugo Carneiro Sousa (EP Gaia/Clube de Xadrez).

Miguel Simões defendeu o segundo tabuleiro do CCD Corvos do Lis e, apesar da equipa ter sofrido nove derrotas nos nove duelos disputados, a experiência não podia ter sido mais positiva para o jovem jogador. Cotado com 2051 pontos Elo, Miguel Simões obteve a vitória individual mais expressiva do torneio, ao impor-se ao super grande mestre espanhol Manuel Perez Candelário (2607), numa partida de elevada técnica num final de torres.

Mas Miguel Simões não se ficou por aqui, pois conseguiu dois empates com dois mestres internacionais, Diego Espineira (2339) e Vladislav Larkin (2384), pelo que terminou a prova com uma performance de 2195 e um ganho de 32 pontos Elo, algo que o colocará muito perto da fasquia dos 2100.

Hugo Sousa chegou a Peniche com o título nacional de rápidas de Sub-20 e mostrou um xadrez de qualidade, de tal forma que superou o grande mestre espanhol de origem russa Oleg Korneev (2538) a acabou o campeonato com 3,5 pontos em cinco partidas, contribuindo de forma decisiva para o terceiro lugar final da Escola Profissional de Gaia/Clube de Xadrez. A performance de Hugo Sousa foi de 2377, com um ganho de 37 pontos, pelo que deverá sair na lista Elo de 1 de agosto com 2060 pontos.

Os bons resultados dos jogadores portugueses não titulados estenderam-se à equipa do CX A2D, que, apesar de não conseguir evitar a despromoção, demonstrou que valeu a pena a experiência deste tipo de aposta na 1.ª Divisão. A ex-campeã nacional Mariana Silva, por exemplo, na defesa do quatro tabuleiro, fechou o torneio em grande, com vitórias sobre o mestre nacional André Fidalgo e sobre o mestre internacional Paulo Dias.

Ivo Dias levou para casa uma vitória sobre o mestre internacional Diego Espineira e um empate com outro MI, Li Peng. João Romano venceu o MI Vladislav Larkin e empatou com o MF José Padeiro e o irmão Luís Romano, na defesa do exigente primeiro tabuleiro, sacou um empate ao fortíssimo MI Daniel Dardha.

VOLTAR PARTILHAR NO FACEBOOK
  • HOME
  • INSTITUCIONAL
  • NACIONAL
  • INTERNACIONAL
  • COMUNICAÇÃO
  • FORMAÇÃO
SIGA A FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE XADREZ NAS REDES SOCIAIS
expand_less

Este site usa cookies, para guardar informação de forma segura no seu computador.

Estes cookies destinam-se a optimizar a sua experiência de navegação neste site.

ACEITO COOKIES Saiba mais acerca dos cookies