Federação Portuguesa de Xadrez

NOTÍCIAS

Corvos do Lis voam para a 1.ª Divisão
13/10/2020

A equipa do Clube Cultural e Desportivo Corvos do Lis sagrou-se vencedora da Série B da 2.ª Divisão do Campeonato Nacional por Equipas e garantiu a subida à 1.ª Divisão, um feito inédito e surpreendente, já que a jovem formação leiriense contrariou as apostas iniciais do campeonato.


Nas contas finais da Série B, os Corvos do Lis terminaram a série com 16 pontos, os mesmos da Académica de Coimbra, mas fizeram valer a vantagem do confronto direto, no qual os leirienses triunfaram por 2,5-1,5.


As emoções estavam fortes na derradeira ronda do torneio, que se realizou nas instalações do Sport Operário Marinhense. Os Corvos do Lis defrontavam a forte equipa do GX Alekhine, que também tinha opções para a subida, e conseguiram a vitória, por expressivos 3-1. A Académica fez o que lhe competia, superando o Clube dos Galitos/Grupel, também por 3-1, mas tal triunfo foi insuficiente para evitar a festa da subida dos Corvos do Lis, que assim voaram para a 1.ª Divisão da época de 2020/2021.


Contribuíram para o histórico sucesso do CCD Corvos de Lis os jogadores Daniel Bray (2180 pontos Elo, 5 pontos em 7 jogos), André Pinto (1979, 1,5 em 6), Miguel Simões (1819, 5,5 em 7), Alberto Negrão (1889, 1 em 2) e Rodrigo Basílio (1769, 4 em 6).


Quem também já praticamente garantiu a promoção à 1.ª Divisão foi a equipa Estrelas de S. João de Brito, total dominadora da Série C da 2.ª Divisão. Até agora, os Estrelas somaram seis vitórias em outros tantos encontros, equivalentes a 18 pontos, mas a questão da subida de divisão está ainda dependente dos jogos que faltam disputar pelo conjunto do Núcleo Sportinguista de São Miguel. A equipa açoriana não pôde efetuar os encontros dos “concentrados” das 4.ª e 5.ª jornadas e das 6.ª e 7.ª jornadas – ambos realizados no Pavilhão de Exposições da Moita -, devido à pandemia da Covid-19, e só um reagendamento desses jogos, um deles com o Estrelas de S. João de Brito, poderá determinar a classificação final.


Mais atrasada está a Série A da 2.ª Divisão. Com cinco rondas realizadas, o CX A2D lidera isolado, com 12 pontos, seguido do CA Téssera Xadrez, com 10. As duas últimas rondas, a realizar, à semelhança das 4.ª e 5.ª jornadas, no pavilhão Refer do Grupo dos Ferroviários de Campanhã, em Guifões (Matosinhos), nos dias 17 e 18 de outubro, irão esclarecer as contas finais da promoção à 1.ª Divisão.


Ao nível da 3.ª Divisão, a única Série com as contas fechadas é a C, que terminou com a vitória da Académica de Coimbra B. No entanto, já que a Académica A permanece na 2.ª Divisão, a equipa desta série a garantir a promoção é a segunda classificada, o CX Montemor-o-Velho/CTGA B.


  

VOLTAR PARTILHAR NO FACEBOOK
  • HOME
  • INSTITUCIONAL
  • NACIONAL
  • INTERNACIONAL
  • COMUNICAÇÃO
  • FORMAÇÃO
  • ARQUIVO
SIGA A FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE XADREZ NAS REDES SOCIAIS
expand_less

Este site usa cookies, para guardar informação de forma segura no seu computador.

Estes cookies destinam-se a optimizar a sua experiência de navegação neste site.

ACEITO COOKIES Saiba mais acerca dos cookies