Federação Portuguesa de Xadrez

NOTÍCIAS

André Sousa campeão absoluto pela terceira vez
14/09/2020

O mestre internacional André Sousa, da Profigaia/Escola Profissional, revalidou o título nacional absoluto, ao impor-se numa renhida competição que também proporcionou um excelente segundo lugar e a primeira norma de mestre internacional a Bruno Martins (A.XAT Montemor-o-Novo).


No auditório do Pavilhão Multiusos de Odivelas, a Fase Final do Campeonato Nacional Absoluto, colocada como um dos eventos emblemáticos da Cidade Europeia do Desporto, trouxe emoção até ao último lance, pois André Sousa empatou com André Fidalgo (Estrelas S. João Brito) e ficou à espera do desfecho da partida entre José Francisco Veiga (A.XAT Montemor-o-Novo) e Bruno Martins, que terminou empatada após 55 lances, num final de torres complexo.


A espera compensou a André Sousa, que assim conquistou o terceiro título em quatro anos e juntou-se aos históricos João de Moura, João Mário Ribeiro, João Cordovil e Luís Santos no grupo de xadrezistas campeões nacionais em três ocasiões.


Bruno Martins teve de defender uma posição ligeiramente inferior durante praticamente toda a partida, mas conseguiu um empate, insuficiente para chegar ao título – tinha vantagem direta no desempate com André Sousa, pois bateu-o na ronda inaugural -, mas suficiente para garantir a norma de mestre internacional. O jovem Sub-18 foi a sensação deste campeonato, que chegou a liderar isolado e durante o qual atingiu o tão almejado título de mestre FIDE. Para a estatística fica também a conquista de 97,6 pontos Elo por parte de Bruno Martins, que assim sobe ao top-15 do ranking nacional.


A nona e última ronda trouxe uma surpreendente derrota do mestre internacional Sérgio Rocha (FC Barreirense) perante Vasco Diogo (Académica de Coimbra). Apesar do desaire, Sérgio Rocha segurou o terceiro lugar, devido à vantagem nas contas do desempate perante José Francisco Veiga.


Outro resultado menos esperado na derradeira jornada foi o empate cedido pelo grande mestre António Fernandes (AX Portugal/Atlantidiagonal) ao mestre nacional e colega de equipa Luís Sousa Reis. Fernandes, já por 16 vezes campeão nacional quedou-se pelo quinto lugar nesta prova de Odivelas.


Resultados:
7.ª Jornada:
Bruno Martins (MN, A.XAT Montemor-o-Novo)-Sérgio Rocha (MI, FC Barreirense), empate;
Vasco Diogo (MF, Académica de Coimbra)-André Fidalgo (MN, Estrelas S. João Brito), 0-1;
José Francisco Veiga (MF, A.XAT Montemor-o-Novo)-António Pereira dos Santos (MF, GX Alekhine), 1-0
André Sousa (MI, Profigaia/Escola Profissional)-António Fernandes (GM, AX Portugal/Atlantidiagonal), 1-0;
Paulo Dias (MI, A.XAT Montemor-o-Novo)-Luís Sousa Reis (MN, AX Portugal/Atlantidiagonal), 1-0.


8.ª Jornada:
Sérgio Rocha-Luís Sousa Reis, empate;
António Fernandes-Paulo Dias, empate;
António Pereira dos Santos-André Sousa, 0-1;
André Fidalgo-José Francisco Veiga, empate;
Bruno Martins-Vasco Diogo, 1-0.


9.ª Jornada:
Vasco Diogo-Sérgio Rocha, 1-0;
José Francisco Veiga-Bruno Martins, empate;
André Sousa-André Fidalgo, empate;
Paulo Dias-António Pereira dos Santos, 1-0;
Luís Sousa Reis-António Fernandes, empate.


Classificação final:
1.º André Sousa, 7 pontos;
2.º Bruno Martins, 6,5;
3.º Sérgio Rocha, 5,5;
4.º José Francisco Veiga, 5,5;
5.º António Fernandes, 5;
6.º Paulo Dias, 5;
7.º André Fidalgo, 4;
8.º Luís Sousa Reis, 3;
9.º Vasco Diogo, 2,5;
10.º António Pereira dos Santos, 1.

VOLTAR PARTILHAR NO FACEBOOK
  • HOME
  • INSTITUCIONAL
  • NACIONAL
  • INTERNACIONAL
  • COMUNICAÇÃO
  • FORMAÇÃO
  • ARQUIVO
SIGA A FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE XADREZ NAS REDES SOCIAIS
expand_less

Este site usa cookies, para guardar informação de forma segura no seu computador.

Estes cookies destinam-se a optimizar a sua experiência de navegação neste site.

ACEITO COOKIES Saiba mais acerca dos cookies